De Curioso a 23 de Outubro de 2008 às 21:59
Boas...

Muito interessante...

Em relação à parte sobre as mulheres... acho que não há lógica nem matemática que consiga explicar o seu comportamento... são demasiadas variáveis...:-)

Voltando ao post...

com partículas tão grandes e com um tempo atómico muito lento seria fácil explicar uma velocidade da luz muito maior que a actual (claro que para um observador atómico a velocidade é sempre vista com o mesmo valor) e logo a inflação seria possível nos instantes iniciais ( penso eu)...

Só uma questão ...
onde poderemos encaixar uma inflação no desvanecimento se não há expansão, ou melhor, não houve Big Bang?

Curioso.
De alf a 24 de Outubro de 2008 às 02:20
Curioso, já sentia a sua falta...

A velocidade é invariante no Desvanecimento - ou seja, tanto faz o observador ser atómico como de referencia; isto porque a unidade de medida da velocidade é a razão entre duas unidades de medida - comprimento e tempo - que variam da mesma maneira

Portanto, para o Desvanecimento, a velocidade da luz permaneceu constante. E não há razão física para supor de outra maneira, pois a velocidade da luz é uma propriedade do espaço, do medium, é a velocidade de propagação caracteristica do meio. E o «meio», o «espaço», é a nossa referência.

Mas tocou no busilis... como verá , na verdade, na teoria do Big Bang, o «Big Bang» é um conceito que está a mais.... a Inflação é apenas a forma de encaixar na teoria que descreve as observações tal como nós as percebemos o episódio do Big Bang - um episódio impossivel de encaixar.

Curiosamente, como verá, o Desvanecimento até poderia encaixar facilmente um Big Bang, ao contrário da teoria do Big Bang... mas é tão subtil o raio deste universo!!!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres