De Metódica a 21 de Novembro de 2008 às 22:08


Olá!!!

Alf acho q me perdi um pouco, n percebi pq e q "os cálculos sobre a idade das estrelas parecem conduzir ao mesmo valor que a idade do Universo"
Não percebimt bem a explicação...
De alf a 21 de Novembro de 2008 às 23:35
Ora Viva Metódica

Em unidades atómicas, que são as que nós usamos nos cálculos sobre processos atómicos, todos os cálculos de processos antigos tendem a obter o mesmo valor, o valor limite, H0^-1, por isso a idade de estrelas, quasares, galáxias aparece tudo comprimido junto ao valor de H0^-1, que é o valor que corresponde à idade do Universo segundo a teoria.

Por exemplo, tanto faz que uma estrela tenha uma idade medida em unidades de referência de 40 ou de 60 mil milhões de anos que, calculando em unidades atómicas, se vai obter valores apenas um pouco inferiores a 20 mil milhões de anos, para os valores da constante de Hubble que estamos a usar - vá ao gráfico do post e marque -40 ou -60 na abissa e veja que valores lhe correspondem em unidades atómicas (eixo dos yy)

Quando começar a ver como a matéria se organizou e as estrelas se formaram, a escala dos tempos ficará mais clara.
De Metódica a 22 de Novembro de 2008 às 11:17
Já percebi :)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres