De Diogo a 24 de Setembro de 2008 às 21:21
Alf: «o conceito de «Tempo» resulta apenas disto, de ocorrências não simultâneas; na verdade, resulta de ocorrências não simultâneas na nossa cabeça, da percepção de que os pensamentos se sucedem no consciente»

Talvez. Mas como é que eu meço o tempo?


Alf: «Do ponto de vista Físico, medimos o «Tempo» usando sequencias repetitivas do mesmo fenómeno, ou seja, justapondo fenómenos que presumimos idênticos»

Portanto, posso tomar como intervalos de tempo iguais, o intervalo entre cada vez que um gajo salta da ponte sobre o Tejo (do mesmo sítio) para se suicidar?

O que é o Tempo, Alf?.
De alf a 24 de Setembro de 2008 às 23:35
Diogo, creio que entendeu mal o significado de «justapondo». Um fenómeno tem de começar qd acaba o anterior, é esse o significado. O Galileu media o tempo batendo palmas, mas não lhe passou pela cabeça ir fumar um cigarrinho entre dois bater de palmas. Por outro lado, passear enquanto bate palmas não perturba a medida do tempo.

Justapor corpos é encostá-los; justapor fenómenos é começar um qd acaba o outro - «encostar» os fenómenos, portanto.

Creio que a ideia está clara. Mas pode escolher outras palavras, certamente que há maneiras melhores de dizer isto. As sugestões são muito bem vindas.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres