Domingo, 18 de Maio de 2008

A Chave da Geometria do Universo

 

 

 

 

“Mário, acredita-me, o Universo é fantásticamente subtil, cheio de magia aos nossos simplórios olhos. Olha, estou a lembrar-me de uma coisa bem interessante...”


Ai sim?! Então conta.”


“ A lei mais básica necessária à descrição do Universo está à vista de toda a gente há milénios, pois está implícita no Teorema de Pitágoras, mas ainda ninguém teve a subtileza de a ver.”


Essa agora! “, espanta-se o Mário , “o teorema de Pitágoras?! Não me digas que foste descobrir algo de novo no teorema de Pitágoras!”


“Naturalmente!”


Essa é o máximo!”, explodiu Mário, “Jorge, tu sabes que há centenas de demonstrações do teorema de Pitágoras? Por todo o mundo, desde há milénios, que o Teorema de Pitágoras vem sendo descoberto e redescoberto e tu achas que é possível alguém descobrir algo de novo nele???”


 

“Como é que disse o Galileu? Que é preciso entender a linguagem em que o Universo está escrito?”


Disse que o Universo está escrito em símbolos matemáticos e que é preciso entender a matemática para o poder descrever”, respondeu prontamente a Luísa, satisfeita por esta oportunidade de entrar na conversa entre os dois.


“ Hããã... quase... mas não exactamente, Luísa. Galileu disse que o Universo está escrito em figuras geométricas e é preciso conhecer essa geometria para entender o Universo. A lei oculta no Teorema de Pitágoras é a lei fundamental da geometria do Universo ! Quem não sabe essa lei, não sabe a linguagem em que o Universo está escrito, não pode ler correctamente o Universo.”


Estás então a dizer”, interveio Luísa, cautelosa, a sua mão sobre a minha, “que os cientistas têm estado a traduzir o Universo usando o dicionário errado?”


“Bem, é uma boa imagem. Ou melhor, podemos dizer que a chave que tem sido usada para descodificar o Universo está incompleta”. A mão escaldava-me no contacto com a mão da Luísa, retirei-a suavemente.


 

“Isto está avassalador”, Mário riu-se, de forma algo trocista, “cheira-me quase a bruxaria ...”


“Magia Branca, meu caro Mário, Magia Branca, eu avisei-te!”. Sorri, tentando desanuviar a perturbação do Mário e disfarçar a minha, produzida por razões bem diferentes. “O Universo é um lugar mágico! E é tão mágico como isto: eu estou a afirmar que a chave fundamental para a descodificação do Universo está implicita no Teorema de Pitágoras. Quem souber ler, entende. Mas tu não conseguirás ler. Sabes porquê?” Fiz uma pequena pausa e continuei:


 

“Porque o que lá está é contrário à ideia que tens do universo! E só somos capazes de ver o que está de acordo com o que já acreditamos. Está lá, não consegues ver e, no entanto, não está escondido. Como disse Einstein, Deus é subtil mas não é malicioso.”


 

“Ena, isto já parece uma história do Dan Brown!”, Luísa riu-se, atirando a cabeça para trás com o fulgor que lhe era próprio, “Mário, tens aí uma oportunidade de fazeres o papel do herói: uma mensagem secreta está codificada no Teorema de Pitágoras”. Luísa assumia a pantomina, para isso tinha muito jeito, a sua voz era agora grave, a expressão séria “E essa mensagem é, nem mais nem menos, do que a chave para ler o Universo! Ao trabalho Mário!”


Mário puxou-a pelos dois braços e, com um beijo fez o riso que subia já a traqueia dela engasgar-se-lhe nos brônquios.

.

 

.

 

 


 

 

 

(imagem: Wikipedia)

publicado por alf às 21:17
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De alf a 19 de Maio de 2008 às 03:29
Este é um post já saído na "outramargem", como o serão os próximos dois ou três; são os posts necessários a conferir consistência ao que virá depois
De Diogo a 19 de Maio de 2008 às 20:20
Vamos ter uma boa discussão sobre a Teoria da Relatividade. Já o estou a ver a fazer as contas ao trajecto da luz utilizando as hipotenusas de dois triângulos rectângulos. Vamos a isso campeão!
De alf a 19 de Maio de 2008 às 20:40
meu caro diogo, até parece que é bruxo eheheh... mas não se preocupe, se fosse para dizer o mesmo que os outros eu não me dava ao trabalho de fazer um blogue... com tanta coisa gira que há para fazer na vida! Para um ET, a Terra é um paraíso, pode crer!
De Metódica a 20 de Maio de 2008 às 21:22
Bem me parecia que já conhecia o post...
Fico à espera da relatividade e de novidades relativamente ao teorema de Pitagoras... Estou cheia de curiosidade para saber o que nos vai dizer sobre o assunto
De antonio a 20 de Maio de 2008 às 22:21
O ti Mário funga o nariz sobre o meu ombro, e resmunga: ah! Um problema de partilhas?

De partilhas? Interrogo, estranho o seu (súbito) sentido de humor...

Sim! Lá na terra tivemos um problema com um terreno assim, em triângulo que era difícil de dividir...

Mais uma aplicação para o teorema de Pitágoras! Pensei que o Alf ia gostar de saber... afinal são nestes espíritos atentos, irrequietos e não contaminados pelas nossas verdades feitas, que por vezes nasce a luz.
Nenhum profeta saiu das universidades, mas do deserto.
De alf a 21 de Maio de 2008 às 02:49
antónio

"Nenhum profeta saiu das universidades, mas do deserto". Profunda essa!

Eu diria: para se dar um passo no caminho do conhecimento, é preciso ir ao deserto.

O seu estilo literário está cada vez melhor! Um prazer ler o que escreve!
De leprechaun a 26 de Junho de 2008 às 20:27
Pois, também me parece como o Diogo diz, esse tal mistério do Pitágoras tem a ver com a triangulação para o cálculo das distâncias?!

Que se medem em anos-luz à escala do Universo, claro.

Vejamos então o que aqui aprendo...

Rui leprechaun

(...que ao novo Einstein eu já me rendo! :))

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.ATENÇÃO: Este blogue é um olhar para além das fronteiras do Conhecimento actual. Não usar estas ideias em exames de Física do Liceu ou da Universidade.

.pesquisar

 

.posts recentes

. paciência, muita paciênci...

. Listem

. A Self-similar model of t...

. Generalizando o Princípio...

. Generalizando o Princípio...

. O Voo do Pombo Correio

. A Relativistic Theory of ...

. Como modelar uma nova teo...

. A Relativistic Theory of ...

. Abstract

.arquivos

. Março 2012

. Julho 2011

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds