Sexta-feira, 19 de Março de 2010

Generalizando o Princípio da Relatividade Generalizada (1 - b)

 

Da reacção à versão anterior do Abstract concluí que ele precisava de ser melhorado, tornado mais claro. Com a colaboração e a orientação recebida por email, está agora assim:

 

 

Generalizing Relativity Principle to Comoving Coordinates allows the fitting of cosmic data with no dark matter or dark energy

 


The standard space expansion model considers two kinds of coordinates: the atomic coordinates, where the validity of the Relativity Principle is established, having the length unit defined from atomic properties, and the comoving  coordinates, where space expansion is null. In atomic coordinates Space expands, in comoving ones Matter decreases, evanesces.  In this work, as there is no observational evidence indicating that one of these coordinate systems should be any better at supporting physical laws, we postulate that Relativity Principle must hold in both systems. From this postulate we derive a model that fits both cosmic and local data with the same physical laws, needing no new parameters besides Hubble constant, namely no dark matter or dark energy. We also extend the generalization of the Relativity Principle to a more general, new kind of coordinates - the Field coordinates – of which the atomic and the comoving systems are just two particular cases.

       The generalization of the Relativity Principle presented here does not conflict with established theories, namely Special or General Relativity. It is presented a prediction that can be experimentally tested: an acceleration component in the rotation of isolated bodies. New results are obtained, such as the long-term evolution of Earth temperature.

 

 

Já a seguir vem a Introdução, que espero ajude a tornar mais claro o enquadramento da análise

 

publicado por alf às 14:53
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De gary a 29 de Junho de 2010 às 14:48
olá alf

aqui quem fala é o hugo ary um antigo leitor
pois bem, sua ideia já está bem exposta e parece ter se engajado em "provar" sua teoria.

mas quais experimentos tem em mente para corroborar com sua teoria? e quais seriam os resultados esperados?

você falou que essa ideia original ultrapassa duas dificuldades do modelo do big bang seria a expansão espacial da energia escura e a outra?

se é que ainda está ativo esse blog

um abraço
De alf a 1 de Julho de 2010 às 15:56
Olá Hugo Ary!

o meu modelo, na verdade, não precisa de nenhuma prova nova: como o de Newton, ele simplesmente explica todas as observações sem ter de recorrer a nenhum parâmetro adicional, nomeadamente a matéria negra e a energia negra. Nem nenhum parâmetro nem nenhum fenómeno, como a Inflação; nem nenhuma exclusão de validade - o Big Bang só se aplica fora das galáxias, dentro destas postula-se que o espaço não expande mas não há nenhuma consistência nesta afirmação.

No entanto, há uma experiencia que prova este modelo porque o seu resultado é completamente incompatível com a física actual. Essa experiência é um pouco como o pêndulo de Foucault em relação à rotação da Terra. Mas creio que será dificil realizá-la com a tecnologia actual, embora não impossível, porque o resultado a medir é muito pequeno. No novo modelo, a velocidade de rotação de um corpo isolado aumenta com o tempo; mas este aumento é muito pequeno, é à taxa da constante de Hubble, daí a dificuldade de o medir.

A matéria negra, a energia negra, a Inflação não são «descobertas», são invenções para fazer a teoria do Big Bang acertar com resultados observacionais que lhe são completa e absolutamente contrários; essas «invenções» desaparecem com o novo modelo. A física e a natureza do Unverso passam a ser as mesmas aqui e em qualquer outro ponto do Universo. No modelo do BB isso não acontece, por exemplo, aqui não há expansão do espaço nem energia negra nem matéria negra.

Um abraço e obrigado pelo interesse.

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.ATENÇÃO: Este blogue é um olhar para além das fronteiras do Conhecimento actual. Não usar estas ideias em exames de Física do Liceu ou da Universidade.

.pesquisar

 

.posts recentes

. paciência, muita paciênci...

. Listem

. A Self-similar model of t...

. Generalizando o Princípio...

. Generalizando o Princípio...

. O Voo do Pombo Correio

. A Relativistic Theory of ...

. Como modelar uma nova teo...

. A Relativistic Theory of ...

. Abstract

.arquivos

. Março 2012

. Julho 2011

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds