Quarta-feira, 17 de Março de 2010

Generalizando o Princípio da Relatividade Generalizada (1)

Vamos, por agora, abandonar os 4 amigos; o pombo já deu bastantes voltas, já tomou um rumo, é chegada a altura de submeter à vossa apreciação a versão quase final do artigo.

Neste post, Título e sumário 

 

 

 

 

Generalizing Relativity Principle to Comoving Coordinates allows the fitting of cosmic data with no dark matter or dark energy

 

Abstract

Cosmic data configures a relative variation of space/matter with no violation of physical laws, as no change in constants has been detected; from these two observational results, we obtain a model that fits both cosmic and local data with the same physical laws and using no new parameter besides Hubble constant. No need for dark matter and dark energy. We do not make any cosmological analysis, we simply consider that physical laws shall hold both in the usual (atomic) coordinates and in the comoving ones, as we have no contrary indication from observations; we end up with a generalization of Relativity Principle to a new kind of coordinates, the Field coordinates, the atomic and the comoving ones being just two particular cases of it. This analysis does not contradict accepted theories and expands our understanding not only of the distant Universe but also of our neighbourhood.

 

 

 

Esclarecimentos: 

Sistema de coordenadas: para descrevermos um sistema físico precisamos de atribuir a cada ocorrência coordenadas espaciais e temporais; para isso, usamos um sistema de linhas graduadas e um sistema de relógios. Usualmente, graduamos essas linhas usando um «metro», uma régua padrão, ou algo equivalente, e usamos um sistema de relógios baseado em fenómenos atómicos. Este é o sistema atómico de coordenadas, porque é graduado tomando como referência propriedades da matéria. 

Há outro sistema de coordenadas que se usa em cosmologia: é um sistema que acompanha o espaço «em expansão», ou seja, tal que nele a distância média entre corpos isolados é constante - é o sistema «comoving» em inglês ou comóvel em Português.

 

Questão aos leitores: o sumário indica uma ideia original e diz que são ultrapassadas duas dificuldades do actual modelo do Big Bang; conseguem perceber quais são?

 

publicado por alf às 01:36
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De antónio -o implume a 17 de Março de 2010 às 10:19
Exista ainda o sistema de orientação de uma mulher quando faz compras... toda a relatividade é curta para explicar esse fenómeno!
De curioso a 17 de Março de 2010 às 13:06
Parece que a idéia original é que o modelo do ALF consegue explicar os fenómenos locais e os cósmicos sem a utilização de parâmetros adicionais, tais como a energia negra e a matéria negra.
Para mim isso já estava bastante claro há muito tempo.
Venha mais...

curioso.
De alf a 19 de Março de 2010 às 14:36
Obrigado Curioso! Fiquei a saber que o abstract não está bem rsrsr. Vou já publicar a nova versão!
De anonimodenome a 17 de Março de 2010 às 13:51
Antonio, ela diz-te logo: isso é relativo.
e tu perdes sempre, não é?
De antónio -o implume a 17 de Março de 2010 às 15:21
Nem me atrevo a discutir...
De alf a 19 de Março de 2010 às 14:41
hummm.... para entender as mulheres a física não dá ajuda nenhuma. É mesmo por isso que eu me dedico a analisar a Evolução...
De Diogo a 17 de Março de 2010 às 23:13
Caro Alf,

Porque é que antes de entrar na relatividade generalizada não debatemos a relatividade restrita? É que esta não tem nada de pacífico. E se a restrita é falsa, por maioria de razão, mais falsa é a generalizada. Vamos a isso?
De alf a 19 de Março de 2010 às 14:40
Diogo

Nós não vamos entrar na Relatividade Generalizada; vamos começar pelo princípio; e o princípio é o Princípio da Relatividade, as Leis Físicas, as unidades de medida. E basta isto para resolvermos os mistérios das observações cósmicas e outras. Depois iremos analisar os referenciais; e, ao faze-lo, obtemos a Relatividade Restricta livre de paradoxos. Finalmente, iremos às coordenadas e campos; e passaremos alem da Relatividade Generalizada, se o engenho e força a tanto ajudarem...

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.ATENÇÃO: Este blogue é um olhar para além das fronteiras do Conhecimento actual. Não usar estas ideias em exames de Física do Liceu ou da Universidade.

.pesquisar

 

.posts recentes

. paciência, muita paciênci...

. Listem

. A Self-similar model of t...

. Generalizando o Princípio...

. Generalizando o Princípio...

. O Voo do Pombo Correio

. A Relativistic Theory of ...

. Como modelar uma nova teo...

. A Relativistic Theory of ...

. Abstract

.arquivos

. Março 2012

. Julho 2011

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds